quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Sobre as coisas que guardamos dentro


                                           Leia ouvindo: "Never be Alone - Shawn Mendes"


Eu precisava desabafar sobre todas as coisas que guardo dentro de mim. Talvez, se eu pudesse simplesmente escrever e rasgar todas as folhas - e dores - tudo se resolveria.

Pena que não é tão simples assim.

E eu percebi que muita gente tem seus próprios problemas pra resolver e é bem melhor resolve-los do que ficar e tentar ouvir alguém com seus desabafos emocionais. As vezes, tudo o que precisamos é de alguém que fique, independente de qualquer coisa, e escute. Alguém que pergunte se você está bem e realmente se importe com isso. Alguém que ligue, que mande mensagem e converse sobre tudo.

Talvez, seja melhor continuar guardando tudo dentro do peito e tentar esquecer que tudo isso um dia existiu. São cicatrizes que se abrem frequentemente. Que não conseguem se curar porque estão cheias de palavras não ditas, sonhos não realizados e promessas que não foram cumpridas.

O grande problema é esperar demais. Confiar demais. Se entregar demais. Amar demais.

Se você se importa, diga. Se você quer ligar, ligue. Se você quer correr, corra. Se tem problemas e precisa desabafar, procure contar com a pessoa que você realmente sabe, que ama você. E que vai estar ali pelo tempo que for, só pra te ouvir enquanto vocês olham pra Lua no lugar mais alto da cidade. Porque sabe o tempo? O tempo passa rápido demais e talvez, outra pessoa passe e ocupe o outro lado do banco do ônibus, ou ocupe o melhor lugar do sofá pra assistir Batman no domingo a tarde.

É isso que diz, na maioria das vezes, compartilhado por alguém no feed do Facebook. As tão famosas mensagens motivacionais que nunca funcionam. Que a gente deveria prestar mais atenção mas não prestamos porque somos tão cabeças duras que simplesmente, deixamos passar. Deixamos o tempo passar e quando nos damos conta, já é tarde demais.

Está tocando "Shawn Mendes - Never be alone" no youtube enquanto escrevo. Eu queria escrever sobre tudo no inicio, mas é importante guardar o que é bonito. Guardar a dor mesmo que machuque cada dia um pouco mais, porque apesar disso, ela também é considerada um grande aprendizado. E mesmo que a gente não possa fazer tudo como queremos, é melhor seguir em frente. Se as coisas boas se sobressaírem das ruins então tá tudo ok? Não é?

É melhor deixar a água seguir seu curso. O céu ainda está aqui pra gente voar. Talvez, seja melhor voar com os pés no chão enquanto a gente escuta o cantar dos pássaros. O que for pra ser, vai ser.

E independente de tudo, a gente sempre vai estar olhando as mesmas estrelas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você pode me contar um pouquinho do que achou do post. Vou amar responder a todos. Beijinhos e um imenso obrigada <3


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©