quinta-feira, 2 de março de 2017

Nós e uma tempestade





Imagem: Tumblr.

De manhã o sol brilhava, se caso saísse no sol você poderia sentir o arder na pele, os passarinhos voavam felizes, e as pessoas trabalhavam em seu ritmo normal até que então tudo mudou. Começou com um pequeno vento que decidiu soprar em nossa direção, fez meus cabelos balançarem e você até disse que ele era refrescante. Mas ele foi soprando mais forte e o céu começou a ficar carregado com nuvens escuras e já imaginamos que iria vir mais um temporal. Um temporal típico de Março, aqueles que se pudessem falar diriam, estou trazendo o frio. Logo que o vento aumentou sua velocidade, também começaram a cair as famosas pedras. E nós escutávamos o som das pedras batendo na janela, dos raios e da chuva caindo e batendo no telhado.

Mas depois o temporal passou, o vento cessou, as pedras pararam de cair e já nem dava pra ouvir o som da chuva batendo no telhado. O temporal foi embora e levou junto com ele a minha vida. Você. O temporal foi embora e lá fora já não cai mais nenhum pingo sequer de chuva. O céu está levando as nuvens escuras pra longe e trazendo as limpas e daqui a pouco o sol vai até brilhar mais forte. Talvez até possa surgir um lindo arco-íris pra alegrar a vida das pessoas que estão cansadas da rotina e eu ficaria maravilhada se esse dia fosse um dos meus mais felizes, mas não é.

 Afinal, de que adianta a chuva cessar lá fora mas aqui dentro continuar chovendo? Os raios ferem cada vez mais um coração em que só cabia amor. As gotas de chuva se transformam em lágrimas que carregam dor. E a cada segundo uma nova lágrima cai no tapete da sala, inclusive era o tapete em que nós costumávamos sentar, mas agora só existe eu, você e um tapete que já não serve mais pra muita coisa.

E acabou que nosso inicio de mês teve um fim. Um fim que pode não ter muita importância pra você que vai recomeçar a vida em outro lugar. Mas eu fiquei aqui, com seus objetos, com o seu lado da cama vazio, com seu travesseiro, com seu perfil na Netflix, com as fotos e com todas as histórias espalhadas pela casa que agora está vazia sem você. Um vazio imenso que não vai ser preenchido.

Sempre vai faltar um pedaço de você em mim, e um pedacinho de mim em você.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você pode me contar um pouquinho do que achou do post. Vou amar responder a todos. Beijinhos e um imenso obrigada <3


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©